Páginas

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

História


No local denominado Campina do Rio Verde, Inácio Carlos da Silveira, em 1732, obteve uma sesmaria. Nela, mais tarde, foi construído uma pequena capela em homenagem à Nossa Senhora da Conceição.
        Conforme documentos de 1778, Damião Rodrigues Gomes, um dos sucessores de Inácio Carlos, doou os principais terrenos para a formação do patrimônio da Paróquia de Nossa Senhora da Conceição do Rio Verde, cuja criação se deu em 1748.
        No ano de 1901 foi criada a Vila de Águas Virtuosas (atual Lambari) e o povoado de Conceição do Rio Verde passou a ser um dos distritos daquele Município. A Lei Estadual nº 556, datada de 30 de agosto de 1911 criou o Município de Conceição do Rio Verde, com território desmembrado dos municípios de Lambari e Baependi, cuja instalação se deu em 10 de julho de 1912.
        Em 1913 o governo do Estado baixou ato que transformou todas as Vilas em cidades. Na época, a população de Conceição do Rio Verde já era de mais ou menos 2 mil pessoas.
        A primeira Câmara Municipal foi instalada no dia 2 de junho de 1912 e teve como presidente o Capitão José Lúcio Junqueira. Em 25 de outubro de 1913 teve início o abastecimento de água potável do município, em conformidade com a Lei nº 8, de 17 de setembro de 1913.
        Em 27 de dezembro de 1948 foi criado o Distrito de Águas de Contendas e anexado ao município de Conceição do Rio Verde através da Lei Estadual nº 336.  A Comarca foi criada pela Lei Estadual nº 1093, de 21 de junho de 1954 e instalada no dia 28 de março de 1955, quando tomaram posse o primeiro Juiz de Direito, Dr. Manoel Altomare Nardy e o primeiro Promotor Público, o Dr. Antonio Gonçalves Ferreira,
        O primeiro Prefeito Municipal foi Lúcio Bernardes Carneiro, que tomou posse no dia 16 de janeiro de 1931. O atual é Adilson Paganelli, eleito para o mandato 2005-2008 e reeleito para o período de  2009-2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário